CANAL GERAL

Reply

Quadrinhos e sacanagem

« Older   Newer »
Capitão Ácido
view post Posted on 5/11/2005, 14:50 Quote




Quadrinhos Sujos apresenta os clássicos da sacanagem

Por Marcelo Naranjo, sobre o Press Release (27/10/05)

A Opera Graphica acaba de lançar um box com a antologia Quadrinhos Sujos (formato 10 x 13,5 cm, 96 páginas cada, R$ 39,00) - os famosos dirties comics ou Tijuana-Bibles, os "catecismos" americanos surgidos nos anos 1920, anteriores à criação do Código de Ética do cinema e das diversões públicas nos EUA, daí serem tão explícitos, e cuja publicação marginal perdurou até a década de 1950.



Quadrinhos Sujos tem organização de Gonçalo Junior, autor de A Guerra dos Gibis e Tentação à Italiana, e é uma coleção de histórias sempre citadas pela mídia, mas que permaneciam inéditas no Brasil, precursoras dos quadrinhos underground.

Originalmente, essas HQs foram produzidas de forma artesanal, impressas precariamente e lançadas em formatinho de bolso por artistas anônimos, com total desprendimento. As Tijuana-Bibles influenciaram os futuros autores do quadrinho underground americano, como Robert Crumb, por exemplo.

Confira a coleção:

Volume 1 - O Pato Donald não consegue conter sua compulsão erótica. Flash Gordon recorre a seus dotes sexuais para enfrentar uma belíssima tirana. Tarzan usa o sexo para sobreviver nas selvas. Longe das páginas dos jornais, os mais populares personagens dos quadrinhos americanos serviram de pretexto para aventuras pornográficas que escandalizaram puritanos e causaram riso em seus afoitos leitores;

Volume 2 - Seriam os astros e estrelas de Hollywood da primeira metade do século 20 uns pervertidos que só queriam saber de sexo entre um filme e outro? Clark Gable, por exemplo, considerado pelas mulheres como o modelo de machão do cinema, realmente correspondia à expectativa longe dos sets de filmagem? E Cary Grant, gostava ou não do sexo oposto? As fofocas do mundo do cinema alimentaram por muito tempo a inspiração dos anônimos desenhistas dos Dirties Comics;

Volume 3 - Capitão Marvel Jr, Super-Homem, Supermoça, Gato Félix, Flash Gordon, Tarzan, Fantasma e Mandrake são alguns dos heróis e super-heróis clássicos das histórias em quadrinhos americanas "homenageados" neste terceiro volume, em aventuras cheias de irreverência que mostram ser a pornografia algo sem pudores, idade ou época. Eles aparecem aqui nas mais loucas situações cômicas;

Volume 4 - Entre 1939 e 1945, quando o mundo mergulhou no maior conflito armado da história, a Segunda Guerra Mundial, aqueles que eram considerados os grandes tiranos do planeta tiveram sua intimidade devassada. Hitler, Stalin, Mussolini desfilam aqui ao lado de bandidos e heróis reais americanos e mundiais, envolvidos em muita safadeza.

A obra pode ser encontrada na Comix Book Shop (Alameda Jaú, 1998 - São Paulo/SP).

 
Top
view post Posted on 7/11/2005, 02:56 Quote
Avatar

Severo

Group:
FF-1 U-M-Manager
Posts:
5,719
Location:
Outra Dimensão

Status:


 
PM  Top
Capitão Ácido
view post Posted on 9/11/2005, 20:25 Quote




gostaste?
 
PM  Top
view post Posted on 14/11/2005, 15:35 Quote
Avatar

Severo

Group:
FF-1 U-M-Manager
Posts:
5,719
Location:
Outra Dimensão

Status:


Pô, depois de Mr. Natural, duvido que vá achar mais qualquer coisa com este apelo digna de atenção. Mas pode ser...
 
PM  Top
Capitão Ácido
view post Posted on 16/11/2005, 01:33 Quote




Moralista da porra! rolleyes.gif
 
PM  Top
Journeyman
view post Posted on 16/11/2005, 01:35 Quote




Acho a idéia muito legal!
 
Top
view post Posted on 16/11/2005, 02:14 Quote
Avatar

Severo

Group:
FF-1 U-M-Manager
Posts:
5,719
Location:
Outra Dimensão

Status:


QUOTE (Capitão Ácido @ 16/11/2005, 01:33)
Moralista da porra! rolleyes.gif

EU???!!! ohmy.gif ohmy.gif ohmy.gif
 
PM  Top
Capitão Ácido
view post Posted on 16/11/2005, 18:34 Quote




pq acha qqr coisa relativa a "essas coisas" seja indigna de qqr atenção...wink.gif
 
PM  Top
Alkalino
view post Posted on 11/7/2006, 18:15 Quote




Quadrinhos proibidos por lei no Canadá

Ser leitor de quadrinhos no Canadá não é uma tarefa muito fácil. Como se não bastassem todas aquelas famosas leis canadenses repletas de censuras flagrantes, tratando como únicos e absolutos conceitos tão subjetivos como obscenidade e blasfêmia, há até uma que estabelece o que pode ou não constar nas HQs que circulam no país.

Basta ler o que diz o Código Criminal do Canadá sobre os quadrinhos de crimes. Há uma seção que determina que está sujeito a penalidades quem criar, imprimir, publicar, distribuir, vender ou ter em posse gibis, livros ou revistas que contenham ilustrações descritivas de crimes reais ou fictícios.

Quadrinhos eróticos também são monstros a serem combatidos pela justiça canadense. Alguns casos ganharam repercussão internacional, como o recolhimento, ainda na alfândega, de edições importadas da HQ Black Kiss, genial minissérie de Howard Chaykin.

Isso não foi um acontecimento isolado e a prática é histórica no Canadá. Tanto que, no início dos anos 1990, a Comics Legends Legal Defense, entidade de apoio a quadrinhistas e a editoras, distribuidoras e vendedoras de quadrinhos, chegou a organizar uma campanha para arrecadar fundos em favor de livrarias e comic shops que abriram processos contra a alfândega canadense.

O quadrinhista independente Chester Brown, nascido no Canadá, também tem várias de suas obras proibidas de circular em seu próprio país. A censura chegou ao cúmulo de impedir a entrada, em território canadense, de um lote da revista informativa Comics Journal que continha uma entrevista com o artista.

Em 1994, uma edição especial em quadrinhos da revista masculina Penthouse também sofreu censura prévia naquele país. A HQ foi proibida de circular por lá entes mesmo de sair dos Estados Unidos.

Mas o caso que mais repercutiu aconteceu no ano passado. Um morador da cidade de Edmonton foi preso e indiciado por importação de pornografia infantil. Em sua casa foram encontradas dezenas de mangás eróticos, incluindo vários com histórias em que menores de idade praticavam sexo.

Como não se tratavam de fotos, apenas desenhos pedófilos, a justiça do Canadá abrandou a pena e condenou o homem a 18 meses de condicional, 100 horas de prestação de serviços comunitários e multa equivalente a 150 dólares.

A pérola mais fina dessa história maluca, entretanto, ficou por conta do Edmonton Journal, que demonstrou total falta de conhecimento acerca dos quadrinhos japoneses e escreveu uma baboseira sem tamanho na matéria sobre o caso.

Confundindo HQ com desenho animado japonês, o jornal saiu-se com esta: "Animê é uma ramificação pervertida da indústria chamada hentai".

 
Top
view post Posted on 11/7/2006, 22:44 Quote
Avatar

Severo

Group:
FF-1 U-M-Manager
Posts:
5,719
Location:
Outra Dimensão

Status:


hahahahahahahahahahahahahahaha :P
 
PM  Top
Journeyman
view post Posted on 12/7/2006, 00:43 Quote




Caracas!
 
PM  Top
Sr Spock
view post Posted on 12/7/2006, 03:42 Quote




Tsc...
 
Top
Capitão Ácido
view post Posted on 14/9/2006, 21:12 Quote




Editora francesa relança enciclopédia de HQs eróticas

Por Sérgio Codespoti, de Luxemburgo (05/09/06)

A editora e livraria francesa La Musardine, especializada em erotismo e sexo, relançará em outubro sua enciclopédia do erotismo em quadrinhos.

A nova Encyclopedie de la Bande Dessineé Érotique é um volume de 336 páginas, com mais de 2.500 verbetes sobre as HQs eróticas, ricamente ilustrado com mais de mil imagens.

O livro, originalmente lançado em 1999, foi escrito por Henri Filippini, que já escreveu dois outros guias de quadrinhos (Guide de la Bande Dessinée jeunesse e Dictionnaire de la Bande Dessinée, ambos da editora Bordas) e traz ainda uma introdução sobre a história das HQs eróticas, de mais de 30 páginas.

O lançamento acontecerá em 19 de outubro de 2006, e custará 34,90 euros (aproximadamente R$ 98,00).

image
 
PM  Top
Capitão Ácido
view post Posted on 19/10/2006, 16:01 Quote




Ganhando dinheiro como estrela pornô

Por Marcus Ramone (19/10/06)

É fácil encontrar blogs e sites informativos na grande rede com opiniões negativas sobre a HQ How to Make Money Like a Porn Star (Como Ganhar Dinheiro Feito uma Estrela Pornô), lançada no final do mês passado nos Estados Unidos.

Na verdade, há conselhos enfáticos como "não compre esse gibi", seguidos de adjetivos como nojento e desprezível. Talvez porque a graphic novel escrita por Neil Strauss e desenhada por Bernard Chang tenha cenas "pesadas" de estupro e uma ou outra perversão sexual.

Ou, talvez, porque a protagonista da HQ, Claudia Corvette, a despeito de uma vida regada a abusos, tragédias e outros infortúnios, ganha (muito) dinheiro como stripper e atriz pornô.

Pode ser também que a história, envolvendo humor negro, assassinatos, imoralidade, drogas, prostituição e entretenimentos pouco recomendáveis, atente contra os bons costumes.

Há até mesmo uma página publicitária da fictícia Porn, empresa que, por meio de um cupom encartado na revista, convoca jovens a fazerem parte de sua rede de pornografia na internet, sob a promessa de muitos ganhos em dinheiro.

Seja como for, a graphic novel, que mostra aquele "glamour" visto por quem vai assistir a uma sessão de strip-tease ou a um filme de sexo explícito, é também um retrato chocante dos bastidores nada vistosos e muito sombrios da indústria pornô.

How to Make Money Like a Porn Star é uma publicação da Regan Books/Harper Collins, tem 128 páginas e está à venda no site Amazon.

imageimage
 
PM  Top
Capitão Ácido
view post Posted on 23/12/2006, 22:38 Quote




Workshop sobre HQ erótica com Laudo

Por Marcelo Naranjo (19/12/06)

Nos dias 22, 24, 25, 26 e 29 de janeiro de 2007 será realizado um workshop sobre quadrinhos, técnicas de desenvolvimento de roteiro e anatomia, tendo como base a produção da série de HQs mensais da personagem Tianinha.

Laudo, criador da personagem, vai falar sobre o processo mensal de produção da série e outros aspectos dos quadrinhos eróticas.

O workshop acontece no Espaço Pergaminno Design (Avenida do Cursino, 189 - São Paulo/SP). As vagas são limitadas.
image
 
PM  Top
35 replies since 5/11/2005, 14:50
 
Reply